top of page
  • Foto do escritorSollotempo | por EACM360

Quando a genialidade se une a técnica: conheça a luxuosa e incrível história da Patek-Philippe

A Sollotempo é uma empresa que trabalha com relógios que representam verdadeiras joias que atravessam gerações e, para aqueles que assim como nós, são apaixonados por esse universo, estamos trazendo em nosso blog, a história por trás das grandes marcas, que atravessam gerações e que certamente superarão as gerações futuras, a nossa e possivelmente de nossos netos. Hoje descobriremos a memorável história da Patek-Philippe, ícone da relojoaria mundial de luxo e prestígio.

Como já sabemos, essas marcas estão presentes em nosso meio há séculos, literalmente. No caso da Patek-Philippe, tudo começou em 1839, perto de Genebra. Inicialmente, Patek tinha sócios que produziam relógios de bolso por encomenda, diferenciados por seu design mais artístico. O sucesso foi rápido e em pouco tempo, a empresa, que tinha uma quantidade de funcionários que se contava nos dedos, tornou-se uma das grandes uma das maiores relojoeiras da Suíça. A ascensão da marca levou seus fundadores para uma exposição em Paris, onde conheceram Adrien Philippe. Este, também tinha construído seu nome pelo pioneirismo na criação de um sistema de cordas para os relógios de pulso com um detalhe importantíssimo para a época: a regulagem dispensava o uso de qualquer ferramenta!


Embora a sociedade inicial tenha sido desfeita em 1851, esses dois gênios se uniram e criaram juntos a Patek-Philippe. Juntando a tecnologia de Philippe aliada à precisão de Patek, a produção de relógios foi elevada a um patamar altíssimo, tanto que a rainha da Inglaterra foi uma das primeiras a tornar-se cliente assídua. Daí em diante, magnatas, presidentes e figuras de muito prestígio tornaram-se praticamente embaixadoras da marca, praticamente assumindo a liderança no segmento. Não é pouco, considerando o que já sabemos sobre as marcas deste ramo!

Por volta de 1867, a empresa foi inovando e atraindo mais aficionados ao lançar funções mais elaboradas para os relógios de pulso, tais como calendários completos, cronógrafos capazes de medir segundos com precisão, além de se diferenciar no quesito inovação técnica, com peças desenvolvidas sob uma manufatura precisa. Os sócios possuíam talentos individuais que se complementavam e faziam com que a produção se convertesse em sucesso certeiro. Um se dedicou a viajar mundo a fora levando a marca aos principais centros do mundo em uma época de difícil transporte e o outro se ocupou de gerenciar a produção com rigor milimétrico. A empresa ganhou inúmeros prêmios e condecorações em um espaço de tempo curto.


Algumas décadas atrás, a empresa ganhou novos donos, os quais só fizeram aumentar ainda mais o prestígio e glamour que a marca desperta. O primeiro relógio de bolso automático foi lançado, e um dos maiores lançamentos de todos os tempos, que foi o lançamento da linha Nautilus: um relógio de luxo em uma caixa de aço. A revolução foi enorme, pois o modelo de relógios de luxo era em ouro ou prata. No entanto, uma marca tão tradicional como a Patek-Philippe, lançou algo totalmente fora dos padrões do mercado de luxo, mas muito vanguardista, antenado com a mudança do perfil dos clientes.

Estes, cada vez mais empreendedores, ativos e que fizeram do Nautilus um sucesso absoluto.


Como já sabemos, são relógios que se tornam atemporais acompanhando gerações. O mais interessante é que funções conhecidas como calendário, sinal sonoro e muitas outras que os relógios comuns possuem hoje, são fruto da genialidade desses 2, que construíram um império dentro desta concorrida indústria dos relógios de luxo, afinal, uma marca, é uma marca!

Comments


bottom of page